Use your widget sidebars in the admin Design tab to change this little blurb here. Add the text widget to the Blurb Sidebar!


Oi pessoal!

Qasir Al-Wasat tem estado a todo vapor nos últimos dias, e nós estamos super empolgados pra mostrar pra vocês as muitas features novas! Mas o post de hoje será sobre a incrível Global Game Jam e seus resultados.

Nós já participamos das Jams de 2010 e 2011, as duas com diferentes colaboradores na equipe, mas nesse ano nós elevamos o desafio a um extremo. Nossa costumeira trupe de seis foi dividida em três grupos, e misturada com alguns dos nossos amigos.

O tema desse ano foi:

Peraí? Uma figura? – E a gente já não fez um jogo assim antes?

Super Battle Gunship Oroboros foi nossa participação pra SPJam, cujo tema foi infinito, névoa e/ou fogo.

Ah bem. =p Eu tenho certeza que a gente acha um novo jeito de interpretar isso.

1. Team AlexFuu

Vermon (nosso programador chefe) e Dorte (nosso programador colaborador no Projeto Qasir), formaram uma equipe para criar um jogo de plataforma 3D na Unity. O resultado foi ZVOL – The Walk of Life, um jogo baseado em osmose e escolhas. Você ajuda Johnny Walker (ótimo nome, não?) a andar pela vida enquanto sobre elevadores e resolve puzzles.

Existem ótimas idéias aqui que podem ser melhoradas e reforçadas para, por conta, sustentar jogos inteiros. Tenho certeza que algumas delas irão retornar no futuro em algum projeto Adugan!

2. Team Twin Birds

Beto, Bruno, Mapperns e eu própria unimos nossas forças criativas em um projeto com um nome claramente muito comprido: Roven: Oldman’s Rover Tale or the Errand Aesthete.

O jogo nasceu da nossa interpretação peculiar sobre o tema. Ao invés de infinito, ciclo da vida ou Ouroboros, nós decidimos ver o tema como “símbolo”, “simbolismo” ou “interpretação”. Nosso planos eram um jogo estilo metroidvania, em que o protagonista aprenderia seus poderes através da suas experiências estéticas com o mundo. Isso aconteceria pela interação com objetos aparentemente normais do mundo que “disparariam” vídeos.

Bruno usou a chance para brincar de programador, enquanto eu dediquei meu fim de semana a pintar cenários. Mapperns estava responsável pelo design de personagem e animações, enquanto o Beto criava o level design. Infelizmente o funil do processo + um escopo que poderia ter sido melhor nos deixou com mais um experimento do que um jogo. Mas a gente aprendeu horrores!

Um ENORME obrigada a Ricardo Toreh, que nos ajudou com os efeitos sonoros e música, e a Gabriel do Valle, que dirigiu e filmou os vídeos usados em jogo.

3. Team Moodsphere Collective

Marcel juntou-se ao grupo de Iuri Kato, Gabriel “Toddy” e Gabriel “Florzinha” Jacobi para a criação de uma experiência baseada no famoso Game of Life do Conway. ByteSelf é um jogo colorido para três participantes, em que cada cor é predadora de outra, e o truque para ganhar o jogo é ter assegurar que seu próprio predador prevaleça.

Ouvi rumores de que o jogo estará no Kongregate logo logo, depois de um pouco de balanceamento e melhorar de gameplay. ;) Nós vamos assegurar de que vocês estejam bem informados quando isso acontecer!

Aqui em Curitiba nós estavamos rodeados por amigos e inspirações.


Em sentido horário: Cattercannon, Everlong , Magnus Opus e Samsara.

Cattercannon foi feito por Mariana “Bolinho” Tonini e Paulo “Animmaniac” Reihner. O objetivo aqui é levar uma lagarta steampunk o mais longe possível, um segmento por vez.

Everlong pela Monster Juice é outro multiplayer, dessa vez com uma interessante dinâmica entre morrer x ressussitar. Cada vez que você morrer ficará mais difícil voltar ao jogo, mas cada vez que você conseguir, irá retornar mais poderoso.

Magnus Opus é um jogo de mesa em que você é um Alquimista correndo para criar a Pedra Filosofal antes dos seus colegas. Foi desenvolvido pelo grupo do Arthur Mittlebach, em aproximadamente 20h, e foi inspirado em numerosos EuroGames.

Samsara foi feito pelo nosso amigo Daniel Rossato, que decidiu levar seus algunos para a GGJ. É  a respeito da roda da fortuna e as virtudes do Budismo. Adoramos o uso e comic sans e word art!

Em Campinas e Porto Alegre estavam alguns dos nossos estúdios indies preferidos., como Catavento, MiniBoss, Taw Studio e SwordTales. Estamos com saudades! <3

 


Em sentido horário:Viktor the Nth (Catavento) , Trapped! In the Chamber of Eternal Darkness (Miniboss) , Soroboruo (TawStudio) e N.E.R.O.T. (Swordtales)

Viktor the Nth tem um conceito incrível em que o seu eu do passado influencia o seu próximo eu. Parecido com um Skyward Sword (com todos aqueles puzzles de diodo e obstáculos) encontrando Demon Souls (com a marca das suas mortes passadas claramente visível, trazendo uma sensação de conquista a cada nova tentativa em que você as ultrapassa).

Trapped! In the Chamber of Eternal Darkness é o clássico esforço da Miniboss para jams: completo, lindo e supreendentemente bem acabado para um projeto de 48h. É um arena shot’em up infinito recheado de material auto-referente. Eu estava esperando mais vaquinhas, no entanto. =p

Soroboruo é um jogo de ação estiloso com uma agradável (e ousada!) estética oriental. Ver o Taw crescer esse tanto nos seus resultados de Jam comparada a SPJam em Novembro trás um sorriso no nossos rostos. Nós esperamos que o Taw Studio considere usar esse ótipo estilo gráfico em um dos seus próximos jogos.

N.E.R.O.T. da Swordtales é um “jogo de correr” sobre um samurai biônico em (o que parece ser) um mundo psicodélico circular. E no melhor dos jogos estilo Canabalt, não há tempo pra parar. Também tem aquela vibe Cactus, e nós amamos isso.

Também um alô pro nosso amigo Bolívar, que estava participando de Colônia, na Alemanha, e ajudou a desenvolver The Tale of Archy!

Nós estamos mega orgulhosos de conhecer tanta gente talentosa! Parabéns pra todo mundo!

 

Para compensar uma temporada sem notícias temos hoje várias novidades recém saídas do forno!
A Aduge é agora apoiadora do N Design 2010, o Encontro Nacional de Estudantes de Design do Brasil, que acontecerá de 11 a 18 de julho em Curitiba, Paraná.

O N é um evento que reúne estudantes de Design do país inteiro para discutir assuntos relacionados ao curso. Esse ano terá como tema “Imersão”, propondo maior aprofundamento nas discussões e da própria vivência do evento e preocupando-se com a continuidade das atividades no pós-evento. O principal formato de atividades serão os “Mergulhos”, ofinicas propostas por estudantes para estudantes ministradas durante o evento abordando um assunto de Design (ou não).

E o que significa essa nosso apio com o N? O que a Aduge irá fazer pelo evento? É um pacote que compreende:

· Ministraremos um MegaMergulho, ou seja, uma série de mergulhos com o tema “desenvolvimento de jogos”. Serão 5 dias com atividades sobre conceituação, game design, gráficos, som e gerenciamento de projetos voltados para o desenvolvimento holístico de um jogo de pequeno porte. Nossa proposta é divulgar a produção indie, incitando mais pessoas a participar do movimento.

· Uma exposição sobre Jogos Arte. Iremos expor 10 jogos que sirvam como introdução para aqueles que se interessam em se informar sobre jogos como arte e forma de expressão. Ainda estamos em fase de seleção dos jogos e certamente teremos um post só a respeito disso no futuro.

· Organizar um espaço para jogos no Centro de Convivências do Evento. Isso será possível graças ao nosso contato com o coordenador de curso de jogos da Universidade Positivo, Rafael Dubiela, também orientador do trabalho de conclusão de curso de 4 adugans e que está ajudando a viabilizar a exposição.

· Administrar o sistema de gerenciamentos do projeto do evento. Este item é um tanto quanto engraçado e precisa de um pouquinho mais de explicação. Dois adugans (Ingrid e Marcel) e Florzinha (que colaborou conosco no Global Game Jam) entraram para a CONDe (Comissão Organizadora do N Design) com o intuito de gerenciar o projeto N 2010. Foram entrando na família CONDe, envolvendo-se com outras propostas como a Exposição e o MegaMergulho, até que formalizamos este apoio com o intuito de concentrar em um lugar só todos os esforços que a Aduge está somando com o N. Aparentemente tendo apenas um link indireto com uma desenvolvedora de jogos, Gerenciamento de Projetos é uma das áreas de “estimação” do Marcel, um diferencial da Aduge e assunto amplamente desenvolvido durante a nossa graduação.

Aqui na Aduge estamos todos muito contentes com as oportunidades que estão surgindo através do N! Caso você seja estudante de design no Brasil não pode deixar de participar (e aproveite pra ir nos dar um oi).

Se você quer saber mais sobre o N Design acesse ndesign.org.br .

Mais informações sobre nossas propostas no futuro!

We do not support Microsoft Internet Explorer.